Total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Drenagem do terreno

As covas foram feitas. Só falta colocar os canos.
Só quem curte água no pátio é sapo. Aqui no Rio Grande do Sul, além da umidade, durante o inverno é preciso conviver com vários dias de chuva, o que deixa o solo muito encharcado e não há terra boa que consiga absorver tanta água. Pensando nisso, é bom dar um caprichada na drenagem do terreno para não ter que conviver com água empoçada no jardim, na entrada da garagem e no pátio dos fundos.

Depois da instalação das calhas, colocamos canos de 100 milímetros no fim de cada descida. Para isso foi construído com tijolos uma pequena caixa coletora, que terá uma tampa de concreto e uma grade para que a água caia ali. Dessa maneira a água é captada e levada para a rede coletora externa. Foram mais ou menos 40 metros de cano de PVC. É um investimento que vale a pena, pois garante a drenagem da área. Mas para poder fazer essa melhoria, mesmo que seja mais tarde, também é preciso planejamento. Por exemplo: se a construção está no meio do terreno, foi erguida no limite da área (em cima do muro) e você deseja com o tempo fazer um puxadinho lá nos fundos, já deixe uma espera para que a água desse novo telhado também seja escoada. Lembrando que os canos irão passar por baixo da edificação já existente.

Caso isso não seja planejado, o problema será o mesmo enfrentado pela minha mãe. A construção foi feita na divisa e hoje empoça muito água na parte dos fundos e infelizmente não há como escoar essa água toda. Além de provocar erosão no terreno, ainda deixa a horta sempre encharcada.

Um comentário:

  1. Oi, Débora! Tu moras em Novo Hamburgo? Eu estou morando há cinco anos nesta cidade. Estou construindo minha casa e tenho dúvida sobre a qualidade de serviços de uma empresa que tu citaste em um ds teus posts. Poderia me passar teu email para conversarmos melhor??
    Um abraço.
    Grazi.

    ResponderExcluir